Afroempreendedorismo como estratégia de inclusão socioeconômica

  • Eliane Quintiliano Nascimento UFES

Resumo

O afroempreendedorismo é compreendido como uma estratégia de enfrentamento à vulnerabilidade econômica e social da população negra, o segmento social mais afetado pelas transformações do mercado de trabalho. A pesquisa tem com proposta analisar o perfil socioeconômico e cultural do grupo, as suas motivações para empreender e o significado atribuído a essa modalidade de inserção no trabalho. Neste artigo de caráter exploratório, pretendo apresentar o tema da pesquisa de mestrado em andamento, a metodologia, as hipóteses e a base teórica que auxiliou a reflexão do objeto proposto.

Referências

ALMEIDA, Alex. “Consumo e identidade: a produção para o consumo a partir dos insights dos empresários negros”. In. Desenvolvimento e empreendedorismo afro-brasileiro. Organizador: equipe do projeto Brasil Afroempreendedor. Editora Atilènde. Florianópolis/SC. P. 199-222

BARDIN. Análise de conteúdo. Lisboa, edições 70, 1979.

COLBARI, A. Do autoemprego ao Microempreendedorismo Individual: Desafios Conceituais e Empíricos. RIGS. Revista Interdisciplinar de gestão social. v.4 n.1 jan. /mar. 2015

DA MATTA, Roberto. Digressão: A fábula das três raças, ou o problema de racismo à brasileira. In. DA MATTA, Roberto. Relativizando. Rio de Janeiro: Rocco, 1993.

DAMIÃO, D; OLIVEIRA, D. A ideologia do empreendedorismo no Brasil sob a perspectiva econômica e jurídica. Ciências Sociais Aplicadas em Revista - UNIOESTE/MCR - v. 13 - n. 25 - 2º sem. 2013 - p. 191 a 207 - ISSN 1679-34

DOMINGUES, José Petrônio. Movimento negro brasileiro: alguns apontamentos históricos. Tempo, 2007, vol.12, nº 23, p.100-122. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tem/v12n23/v12n23a07.

DOMINGUES, José Petrônio. Negros de almas brancas? A ideologia do branqueamento no Interior da Comunidade negra em São Paulo 1915-1930. Estudos Afroasiáticos. Rio de Janeiro, Ano 24, n.3, p. 563-599, 2002.

FANON, Frantz. Pele negra máscaras brancas. Salvador: Editora da UFBA. 1980.

GEM (Global Entrepreneurship Monitor). Empreendedorismo no Brasil: 2006. Relatório Executivo. Curitiba: IBQP, 2006.

GONZALEZ, Lélia; HASENBALG, Carlos. Lugar de negro. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1982.

INSTITUTO ADOLPHO BAUER. Projeto Brasil Afroempreendedor. Disponível em: <http://www.institutoiab.org.br/projeto-brasil-afroempreendedor>. Acesso em jul. 2018.

LANNES, Laiana. A Frente Negra Brasileira: Política e Questão Racial nos anos 1930. Laiana Lannes – Rio de Janeiro, 2002. Dissertação (História Política ) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro. UERJ, 2002.

LÉVESQUE, B. Sociologia econômica. In: CATTANI, A.D.; LAVILLE, J.; 2002

OLIVEIRA, Edson Marques. Empreendedorismo social no Brasil: fundamentos e estratégias. 2004. Tese (Doutorado)- Universidade Estadual Paulista - Unesp, Franca, 2004.

MELLO, Sérgio Carvalho Benício de; CORDEIRO, Adriana Tenório. Investigando Novas Articulações e Possibilidades no Discurso Empreendedor: contexto, sujeito e ação. - Salvador, v.17 - n.53, p. 279-295 - Abril/Junho – 2010 www.revistaoes.ufba.br

MONTEIRO, Jorge C. Desenvolvimento e empreendedorismo afro-brasileiro. Organizador: equipe do projeto Brasil Afroempreendedor Editora Atilènde Av. José Luiz Boiteux, 4810, Ponta das Canas Florianópolis/SC. 2013.p.57-83.

MUNANGA, Kabengele. Rediscutindo a Mestiçagem no Brasil: Identidade Nacional Versus Identidade Negra. Petrópolis: Ed. Vozes, 1999.

NOGUEIRA, João Carlos. Desenvolvimento e empreendedorismo afro-brasileiro. Organizador: equipe do projeto Brasil Afroempreendedor Editora Atilènde Av. José Luiz Boiteux, 4810, Ponta das Canas Florianópolis/SC. 2013.p.25-29

PORTAL DO MEI. Disponível em: https://www.portalmei.org/. Acesso em jul. 2018.

PUTNAM, R. (1996). Comunidade e democracia: a experiência da Itália Moderna. Rio de Janeiro: Ed. da Fundação Getúlio Vargas.

SEBRAE. Os Donos dos Pequenos Negócios. Série Estudos e Pesquisa. Brasília: SEBRAE: 2013a. Disponível em: Acesso em: 25 set. 2018.

SEBRAE. Os Donos dos Pequenos Negócios. Série Estudos e Pesquisa. Brasília: SEBRAE: 2017a. Disponível em: Acesso em: 27 jul. 2018.

SILVA, Tomaz Tadeu. Da. Documentos de identidade: uma introdução das teorias do currículo. 2. ed. Belo Horizonte: Autentica, 2007.

SKIDMORE, Thomas E. Preto no Branco: raça e nacionalidade no pensamento brasileiro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

SCHUMPETER, Joseph A. Capitalismo, Socialismo e Democracia. Rio de Janeiro: Zahar, 1984.

SOARES, M.A.T. Trabalho informal: da funcionalidade à subsunção do capital. Vitória da Conquista. Uesb, 2008.

SOARES, Sergei. A trajetória da desigualdade: a evolução da renda relativa dos negros no Brasil. In: THEODORO, Mário (Org.). As políticas públicas e a desigualdade racial no Brasil: 120 anos após a abolição. Brasília: IPEA, 2008.

SOUZA, Neusa Santos. Tornar-se negro: ou as vicissitudes da identidade do negro brasileiro em ascensão social. Rio de Janeiro: Graal, 1990.