Foco e Escopo

Os Anais da Semana de História são fruto da vontade de graduandas e graduandos em História da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Os artigos publicados são parte integrantes das Semanas de Histórias, organizadas anualmente pelos integrantes da graduação em História, em parceria com o Departamento de História e com o Centro de Ciências Humanas e Naturais da Universidade (CCHN/UFES). 

São artigos de graduandos e pós-graduandos da área de história e afins. Nosso objetivo é auxiliar nas produções acadêmicas, tanto nas apresentações orais como nas publicações.  Portanto, os trabalhos submetidos aqui são apresentados em primeiros momento na Semana de História para em segundo momento serem enviados a publicação, desde que aprovados por Comitê Científico da Semana de História. 

A comunicação com o público externo é feita diretamente pela página no facebook: XII Semana de História, para o caso do ano de 2018. (Atualizamos o nome da página anualmente de acordo com a edição do evento). 

E-mail de organização do evento: semanahistoria.ufes@gmail.com

E-mail dos anais do evento para o envio das publicações e dúvidas específicas sobre estas: anaissemanahistoria@gmail.com

Processo de Avaliação pelos Pares

1. As avaliações devem estar de acordo com as características descritas abaixo.

I – Emitir pareceres sobre contribuições encaminhadas à revista e opinar sobre sua qualidade e relevância;

II – receber, aprovar, aprovar com restrições ou reprovar os trabalhos submetidos, conforme os critérios: coerência, coesão, relevância e originalidade.

III – indicar as alterações necessárias, em caso de aprovações de trabalhos com restrições. O prazo de entrega das avaliações é de 30 dias a partir da data de envio do e-mail aos avaliadores. 


2. Os avaliadores são professores doutores que possuem afinidade com a área dos trabalhos encaminhados. Em sua maioria, são professores da Universidade ou egressos desta dispostos a colaborar com a realização da Semana de História. 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.