A Ayahuasca no Santo Daime como veículo de transcendência espiritual

  • Alex de Sousa Siqueira UFES
  • Nicole Silva Loss UFES

Resumo

Buscando fazer um paralelo entre o uso indígena da Ayahuasca que antes foi utilizado no contexto da floresta e o uso na doutrina do Santo Daime, o presente artigo traz uma abordagem histórica da ressignificação do chá através de sua trajetória com o fundador Raimundo Irineu Serra. A bebida milenar tem seu reconhecimento com uso por grupos indígenas da região Amazônica. Após séculos de tradição, os saberes e mistérios envolvendo a ayahuasca entram em contato com indivíduos de outras esferas da sociedade, carregando consigo seus próprios hábitos e crença. É nesse momento que ele sofre a ressignificação, esse processo também justifica o sincretismo presente no Santo Daime. Também abordaremos aqui o Centro Livre Serra do Mar, uma irmandade espiritual que tem como dirigente o Sr. Joaquim Caiado, psicólogo aposentado que realiza os trabalhos com o chá do Santo Daime na região da Grande Vitória, ES.
Publicado
2018-12-29
Seção
Anais da Semana de História