TECNOLOGIAS DIGITAIS NA FORMAÇÃO E NAS PRÁTICAS DIDÁTICAS DOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO ESPECIAL

  • Nahun Thiaghor Lippaus Pires Gonçalves

Resumo

O trabalho aqui apresentado concentra parte dos dados de uma pes-
quisa de campo qualitativa desenvolvida no município de Vitória, Estado do

Espírito Santo, que abarcou duas escolas de ensino fundamental do turno ma-
tutino, atentando para vivência dos professores da Educação Especial atuantes

nos anos letivos de 2017- 2018, com direcionamento para o uso de tecnologia
digital na formação continuada desses professores e no trabalho realizado por
eles com os estudantes na sala de recursos e no colaborativo. Os dados são

problematizados desde a introdução e seguem sendo analisados frente ao ob-
jetivo de verificar de quais formas as tecnologias digitais podem colaborar nes-
sa conjuntura para potencializar a formação e o processo de ensino e aprendi-
zagem no acesso ao currículo na educação especial? Através dos resultados

foi possível dispor de proposições para enfrentamento das barreiras nas forma-
ções no que tange o uso de tecnologias digitais e aquelas encontradas nos

ambientes escolares, estabelecendo mudanças no fazer pedagógico que con-
tribuíram de forma significativa para os estudantes público-alvo da educação

especial. Foi observado que mesmo o assunto sendo interessante nas forma-
ções, os conteúdos acabam por tentar suprir a falta de referencial teórico nas

formações iniciais, colocando em segundo plano metodologias e práticas didá-
ticas, principalmente envolvendo recursos digitais e a participação com esses

recurso fica restrita a avaliações do modelo presencial, já no atendimento dos
estudantes com muitas dificuldades essas tecnologia são implementadas, o

que possibilitou maior adaptação das atividades, acesso ao currículo, motiva-
ção e participação oportunizando maior desenvolvimento no processo de ensi-
no e aprendizagem o que situa a inserção de tecnologias digitais educação es-
pecial como essencial à prática didática dos professores especializados.

Palavras-chave: tecnologias digitais, formação de professores, práticas didáti-
cas, educação especial.

Publicado
2019-04-04
Seção
Comunicação Oral - Eixo 3 Acessibilidade: tecnologia assistiva e comunicação alternativa/ampliada