FORMAÇÃO CONTINUADA NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DA FORMAÇÃO CONTINUADA EM CONTEXTO

  • Carmem Lúcia de Gouvêa Furiere
  • Maria José Carvalho Bento
  • Nazareth Vidal da Silva

Resumo

Este artigo emerge a partir de reflexões de uma pesquisa em
andamento que busca responder a seguinte questão: como promover a
formação continuada para professores e profissionais que atuam com alunos
público-alvo da Educação Especial? Assim, o objetivo é analisar a contribuição
de grupo de estudos, como possibilidade de formação continuada em contexto.

Assumimos o referencial teórico-metodológico da pesquisa-ação colaborativo-
crítica, por pensarmos que sua base favorece a construção coletiva de uma

prática reflexiva e crítica, além de contribuir para que os participantes se
convertam em investigadores. Apoia-se nos pressupostos de Habermas, do Agir
Comunicativo. Utilizou-se como instrumentos para a coleta de dados o diário de
campo, fotos e questionário semiestruturado. O estudo foi realizado em um
Centro Municipal de Educação Infantil no município de Cariacica, no estado do
Espírito Santo, tendo como participantes dois professores e um pedagogo.
Torna-se relevante, pois a oferta da formação continuada na perspectiva da
inclusão no município, em sua maioria, contempla apenas os “professores
colaboradores das ações inclusivas” e professores do Atendimento Educacional
Especializado. Para compreender as experiências vividas pelos sujeitos no
contexto da pesquisa, para análise do grupo de estudo, elegeram-se duas
categorias: desafios e possibilidades. Os dados apontaram como desafios a
indisponibilidade de tempo para os estudos e maior adesão da comunidade
escolar nos encontros do grupo. Quanto às possibilidades, observou-se a
necessidade de expansão dos encontros para o contraturno. Percebeu-se ainda
que o movimento de grupo é desafiador, porém necessário à continuidade como
possibilidade de formação continuada na tentativa de desenharmos novos
processos formativos dentro do espaço escolar.
Palavras-chave: Educação Especial. Formação Continuada de professores.
Grupo de Estudo.

Publicado
2019-04-04