Movimento antiproibicionista no Brasil: discursos de resistência

Fabiola Xavier Leal

Resumo


Discutir o fenômeno das drogas e suas repercussões na atualidade exige uma compreensão a partir de um cenário macro, geopolítico, econômico, cultural e social. O que temos em termos de políticas na área das drogas se conforma a partir de um Paradigma Proibicionista. A partir disso, propomos discutir o que tem sido feito no campo das resistências a esse paradigma vigente, visando modificar a realidade. Esse campo seria o que chamamos de Movimento Antiproibicionista. O objetivo deste artigo é apresentar algumas reflexões sobre esse movimento no Brasil. E compreender como essa organização e conformação das lutas aos ataques proibicionistas se apresentam na conjuntura capitalista atual. Concluímos que o movimento antiproibicionista do Brasil se configura como uma resistência ao modelo da proibição vigente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.