Expressões do conservadorismo na política de drogas brasileira

Mirian Cátia Vieira Basílio Denadai

Resumo


O presente artigo discute as marcas do conservadorismo presentes na política de drogas brasileira, buscando refletir como o discurso do medo contra o uso de drogas obedece a interesses políticos e econômicos muito específicos. Pretende-se apresentar uma análise crítica sobre o tema que possa contribuir para o amadurecimento e fundamentação teórica do Serviço Social coerente com o projeto profissional. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.