Movimento popular e lulismo por meio do Programa Minha Casa Minha Vida: A reestruturação política da questão urbana

Isadora de Andrade Guerreiro

Resumo


A particularidade da atual restauração conservadora passa pela análise das contradições inerentes à forma das relações políticas no último período – no qual o PT esteve à frente do governo federal. Esta forma de gestão do corpo social – chamada de lulismo – articula Estado, capital e movimento social numa dinâmica de ações conjuntas que buscam potencialidade na ressonância de interesses surpreendentemente próximos. A produção do urbano, para além de resultado desta formação social, coloca em andamento um modo de reprodução do capital – de predominância financeira e rentista – no qual ganham relevância as conexões políticas das forças sociais. Assim, a produção do urbano pelos movimentos populares de luta por moradia por meio do PMCMV é entendida aqui como síntese de um processo em curso.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.