As caretas e os durões: a roda como performance na roda.

Renan Moretti Bertho

Resumo


Tendo como ponto de partida a descrição de uma situação vivenciada durante pesquisa de campo, pretendo discutir e analisar a performance presente em uma Roda de Choro do interior do estado de São Paulo. Para tal utilizo os referenciais teóricos propostos por Anthony Seeger (2008), Richard Schechner (2006) e Victor Turner (1988). Assim problematizo essa prática musical como uma performance cultural e social, pautada em modelos e comportamentos que oscilam entre noções de “moderno” e “tradicional”.


Palavras-chave


Antropologia da performance. Roda de choro. Etnomusicologia. Etnografia da música.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.