Discutindo o papel da escuta nas práticas interpretativas

Renato Mendes Rosa

Resumo


Os limites da notação musical e a sua decifração impõem desafios aos intérpretes. A escuta exerce um importante papel nesse processo.  Em diálogo com as considerações de Schaeffer (1988), Chion (2009) e Smalley (1996), busca-se reconhecer, neste artigo, os processos de escuta na práxis da interpretação musical. São apresentados os quatro modos de escuta propostos por Schaeffer, bem como as intenções de escuta resultantes desses modos. A partir disso, discutimos o exercício de escuta inerente ao processo interpretativo.

Palavras-chave


Intenções de escuta na música. Modos de escuta. Processos de escuta na Interpretação musical.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.