Estudo sobre a influência da permeabilidade no meio poroso em projetos de injeção e armazenamento geológico de CO2

PEDRO JUNIOR ZUCATELLI

Resumo


Um dos objetivos da simulação numérica em reservatórios de petróleo e aquíferos salinos está voltado à previsão do comportamento dos mesmos ao longo de sua vida. Uma das mais importantes propriedades petrofísicas para qualificação desses meios porosos é a permeabilidade. A permeabilidade
de um meio poroso é a medida de sua capacidade de deixar atravessar por fluidos. O presente artigo aborda um estudo envolvendo simulações de injeção e armazenamento geológico de CO2 em um aquífero salino a fim de analisar o comportamento do reservatório com a variação da permeabilidade. O modelo
físico estudado foi um reservatório fictício em formato de paralelepípedo cuboide possuindo um poço injetor localizado no seu centro. Considerou-se o escoamento tridimensional, moderadamente compressível e multifásico com fluxo transiente. Para tal estudo, foi utilizado o software Eclipse da empresa Schlumberger para realizar simulações de três estudos de caso, em que a permeabilidade é aumentada e reduzida. O primeiro caso trata-se de um modelo simulado que se torna o padrão para comparar e caracterizar com o segundo e o terceiro caso. Os resultados foram comparados e interpretados
baseando-se na variação da pressão e da saturação de gás no aquífero salino. Conclui-se nesse artigo que ambos os parâmetros analisados são mais sensíveis a redução da permeabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21712/lajer.2016.v3.n1.p17-24

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Lajer - Latin American Journal of Energy Research tem e-ISSN = 2358-2286, DOI (prefixo) = 10.21712 e se encontra cadastrada nas seguintes bases indexadoras (em breve outras bases estarão disponíveis):

    

 

    

Curta a página da revista no Facebook.