A CIRCULARIDADE DAS IDÉIAS NA POLÊMICA CRISTÃ JUDAICA A PARTIR DO FINAL DA ANTIGUIDADE ATÉ AS CRUZADAS (SÉCULO XII)

Sérgio Alberto Feldman

Resumo


Este trabalho pretende refletir num recorte amplo e de longa duração as interações religiosas e culturais
de duas religiões monoteístas: o Judaísmo e o Cristianismo. Os eixos centrais seriam a identidade e a alteridade,
mas sob uma perspectiva metodológica focada na circularidade das idéias. A amplitude temporal é proposital, pois
visa mostrar que num espaço de cerca de mil anos as interações e influências mútuas são intensas mesmo se uma
religião, nega e condena as proposições da outra. O fechamento do tema se propõe a analisar a construção de um
mito de longa duração que é gestado no âmbito das Cruzadas e persiste até a contemporaneidade: a acusação de
crime ritual.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.