Feminicídio na imprensa: uma análise do jornal Folha de S. Paulo

Isabela Mariano

Resumo


Adotando como método a análise de discurso e tendo como recorte empírico

a ocorrência da palavra “feminicídio” no jornal Folha de S. Paulo, buscaremos

compreender quais os efeitos de sentidos o termo gera. Foram coletadas, por meio

do link acervo.folha.uol.com.br, 34 páginas com textos publicados entre 2014 e

2016.  Não se pretende com este estudo definir as tendências do veículo na 

abordagem de casos de feminicídios, mas sim observar de que maneira o jornal deu

espaço para esse conceito nos últimos anos, sabendo que ele evoca uma luta

política histórica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.