As Universidades e as Transformações na Educação Superior: Um Estudo sobre a Teoria da Complexidade

Carolina Casella Galli

Resumo


Este artigo se configura como um ensaio teórico e tem como objetivo discutir a problemática sobre como as universidades podem ser compreendidas à luz da teoria da complexidade. Isso se explica porque, para além da natureza complexa das organizações de ensino, é observado que as universidades vêm respondendo frente à complexidade do contexto de transformação da educação superior. Para isso, foram utilizados os conceitos de sistemas adaptativos complexos e de organização auto-organizante, de processos interpretativos e de compartilhamento de significados, além de artigos sobre o tema. Associados, esses conceitos contribuem, especialmente no contexto da educação superior brasileira, para o melhor conhecimento de como a teoria da complexidade pode ser útil no entendimento do ensino superior para além da lógica mercadológica existente, propondo a articulação da teoria com outros temas relacionados à educação, como a gestão universitária acadêmica e o desenvolvimento profissional de alunos e professores, por exemplo.


Palavras-chave


teoria da complexidade; educação superior; universidade; gestão.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13071/regec.2317-5087.2019.8.2.22013.25-43

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado e Doutorado) do PPGADM/UFES
Vitória-ES
eISSN: 2317-5087
Digital Object Identifier (DOI): 10.13071

gestao.conexoes@gmail.com