Histórias, Memórias e Futebol Amador: Reflexões e Possibilidades nos Estudos Organizacionais

Gabriel Farias Alves Correia, Alexandre de Pádua Carrieri

Resumo


O objetivo deste estudo é refletir sobre as possibilidades de estudo do futebol amador no âmbito da Administração. Para tanto, realizamos uma revisão da literatura sobre o pós-estruturalismo, a história e a memória e o futebol amador. Inicialmente, discutimos a fuga da instrumentalização da individualidade e do conhecimento, destacando a contradição e a realidade diversa. Na sequência, refletimos sobre o estudo da história e da memória e as possibilidades de novos olhares sobre saberes e práticas. Ademais, partimos da consideração do futebol amador como produto da cultura popular, repleto de possibilidades, reinvenções e improvisações. Por fim, essas bases permitiram a reflexão sobre as diversas possibilidades no distanciamento da realidade determinada, rompendo com a instrumentalidade do conhecimento, com a objetividade e o binarismo do que deve ser considerado como futebol, caminhando para um olhar que valoriza as fragmentações, rupturas, fissuras e múltiplas possibilidades de representação do real e de exercício da modalidade.


Palavras-chave


história e memória; futebol amador; pós-estruturalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13071/regec.2317-5087.2019.8.2.23013.08-24

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado e Doutorado) do PPGADM/UFES
Vitória-ES
eISSN: 2317-5087
Digital Object Identifier (DOI): 10.13071

gestao.conexoes@gmail.com