A influência conservadora de Edmund Burke sobre José da Silva Lisboa

Marcela Portela Stinguel

Resumo


A presente comunicação procurará abordar de que forma José da Silva Lisboa, o Visconde de Cairu, se valeu das ideias de Edmund Burke, parlamentar que atuava na Inglaterra e se destacou por seu conservadorismo político. O baiano, figura importante da primeira metade do século XIX, é conhecido na historiografia brasileira como o Edmund Burke brasileiro. O trabalho almeja discorrer sobre as obras do visconde, nas quais propõe a aplicação do monarquismo e reformismo no Brasil, propostos pelo político irlandês. Para tanto, será feita uma análise do discurso de Lisboa, que menciona-se Burke nas obras como forma de reafirmar sua posição política. Como ambos eram conservadores, as mudanças quando efetivadas deveriam ser cautelosas e as tradições preservadas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.