O gênero digital artigo de divulgação da ciência para crianças

plano de texto, interação e interfaces para o tratamento da leitura e da escrita

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/cl.v15i31.35645

Palavras-chave:

interação, plano de texto, leitura, escrita, gênero digital

Resumo

Este artigo tem por objetivos discutir a interação no gênero digital artigo de divulgação científica para crianças, propiciada pela inter-relação entre plano de texto e suas sequências textuais, bem como estabelecer interfaces para o tratamento da leitura e da escrita. O aporte teórico que embasa a discussão é formado pelos pressupostos da Análise Textual dos Discursos e da Linguística Sociocognitiva-interacional, assim como por estudos sobre gêneros digitais. A análise de um texto digital veiculado pela Revista Ciência Hoje das Crianças evidencia resultados que confirmam um plano de texto, cujo imbricamento de sequências textuais em que predomina a sequência explicativa, favorece a interação do leitor com o texto. As reflexões decorrentes da discussão dos resultados da análise abrem perspectivas para a abordagem do ensino da leitura e da escrita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sueli Cristina Marquesi, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Doutora em Linguística Aplicada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Realizou estágios de pós-doutoramento na Universidade do Porto e na Universidade de Lausanne. É Professora Titular da PUC-SP, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Língua Portuguesa, no Instituto de Pesquisas Sedes Sapientiae para Estudos do Português (IP) e nos Cursos de Letras e de Direito.

Ana Lúcia Tinoco Cabral, Universidade de São Paulo (USP); Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (USP)

Doutora em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Realizou estágio de Pós-doutoramento na École des Hautes Études em Sciences Sociales (EHESS). Atualmente é professora colaboradora do Mestrado Profissional em Letras – Prof.Letras, da Universidade de São Paulo e pesquisadora colaboradora do IP-PUC-SP. É coordenadora do GT da ANPOLL Linguística de Texto e Análise da Conversação para o biênio 2020-2022.

Maria das Graças Soares Rodrigues, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, mestrado em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco, doutorado em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco e Pós-doutorado pela Universidade de Lausanne. Atualmente é Professora Associada IV da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Vanda Maria Elias, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Doutora em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Realizou estágios de Pós-doutoramento na Universidade Estadual de Campinas e na Universidade Federal do Ceará. É professora da Universidade Federal de São Paulo, onde atua no Departamento de Letras e no Programa de Pós-Graduação em Letras.

Ana Elvira Luciano Gebara, Universidade Cidade de São Paulo (UNICID); Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP)

Possui graduação em Letras Habilitação Italiano Português pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, graduação em Licenciatura em Letras pela Faculdade de Educação, USP, mestrado e doutorado em Letras, Filologia e Língua Portuguesa pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas. Atualmente é professora do Curso de Letras da Universidade Cidade de São Paulo e da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas - SP. Também atua como professora colaboradora no Mestrado Profissional em Letras - Profletras (USP).

Sílvia Augusta de Barros Albert, Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Doutora e Mestre em Língua Portuguesa, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, na linha de pesquisa Leitura, Escrita e Ensino de Língua Portuguesa. Integra o Grupo de Pesquisa Texto, Leitura e Escrita, (IP-PUCSP) e o Grupo de Trabalho Linguística de Texto e Análise da Conversação (GTTLAC) da ANPOLL - Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística.

Referências

ADAM, J. M. Micronível, mesonível e macronível da estrutura textual. Trad. CABRAL, A. L. T.; RODRIGUES, M. das G. S. Revisão técnica SILVA NETO, J. G.; e PASSEGGI, L. Revista Letra Magna, 2021. (no prelo)

ADAM, J. M. Le paragraphe: entre phrases et texte. Paris: Armand Colin, 2018.

ADAM, J. M. Textos: tipos e protótipos. Trad. Alena Ciulla et al. Coordenação da tradução de Mônica Magalhães Cavalcante. São Paulo: Contexto, 2019.

ADAM, J. M. A linguística textual: introdução à análise textual dos discursos. 2. ed. Trad. RODRIGUES, M. das G. S; SILVA NETO, J. G.; PASSEGGI, L.; LEURQUIN, E. V. L. Fraga. São Paulo: Cortez, 2011 [2008].

ADAM, J. M. Les textes: types et prototypes. 1. ed. Paris: Nathan, 1992.

ALMEIDA, S. A. Divulgação científica para crianças: uma análise de artigos das revistas ciência hoje das crianças e recreio. Revista Ciências & Ideias, v. 11, n. 1, 2020. Disponível em: https://revistascientificas.ifrj.edu.br/revista/index.php/reci/article/view/1032. Acesso em: 20 fev. 2021.

BACHUR, S. A. B. A. Processos referenciais anafóricos em redações de vestibular: uma estratégia textual-discursiva. 2015. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) - Pontifícia Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

BAKHTIN, M. M. Os gêneros do discurso. In: BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. 3. ed., São Paulo: Martins Fontes, 2000 [1979].

BAPTISTA, D. M. A importância do conteúdo na Web: para uma estratégia de comunicação eficaz. In: FERREIRA, A. M.; MORAIS, C.; BRASETE, M. F.; COIMBRA, R. L. (Eds.) Pelos mares da língua portuguesa III. Aveiro: UA Editora, 2017. p. 925-944.

CABRAL, A. L. T. Leitura de textos multimodais: simultaneidade e integração na construção dos sentidos. Intersecções, ed. 10, a. 6, n. 2, p. 89-106, 2013. Disponível em: http://www.anchieta.br/unianchieta/revistas/interseccoes/interseccoes.asp. Acesso em: 15 fev. 2021.

CABRAL, A. L. T. Texto e argumentação: escolhas linguísticas, organização textual e contexto enunciativo. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS SOBRE DISCURSO E ARGUMENTAÇÃO, 3., 2016, Ilhéus. Anais... Ilhéus: Editus, 2016. p. 381-391.

CHAFE, W. Discourse, consciousness and time: the flow and displacement of conscious experience in speaking and writing. Chicago/London: The University of Chicago Press, 1994.

CHARTIER, R. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: Edunesp, 1998.

GIERING, M. E. A divulgação científica midiática para crianças e os fins discursivos. Revista do GEL, São José do Rio Preto, v. 5, n. 1, p. 181-195, 2008.

KELLOGG, R. T. Training Writing Skills: a cognitive developmental perspective. Journal of writing research, v. 1, n. 1, p. 1-26, 2008.

KERBRAT-ORECCHIONI, C. Le discours en interaction. Paris: Armand Colin, 2005.

KERBRAT-ORECCHIONI, C. Les interactions verbales. Tome II. Paris: Armand Colin, 1992.

KOCH, I. G. V. Introdução à lingüística textual. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

KOCH, I. G. V.; ELIAS, V. M. O texto na Linguística Textual. In: BATISTA, R. O. (Org.). O texto e seus conceitos. São Paulo: Parábola, 2016. p. 31- 44.

KOCH, I. G. V.; TRAVAGLIA, L. C. A coerência textual. São Paulo: Contexto, 1990.

LIMA, N. V. de; CABRAL, A. L. T. Desenvolvimento da competência escritora em ingressantes no ensino universitário: perspectivas teórico-analíticas e desafios práticos. Verbum. Cadernos de Pós-Graduação, v. 8, n. 2, p. 59-76, 2019. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/verbum/article/view/43794. Acesso em: 20 mar. 2021.

MARCUSCHI, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2008.

MARQUESI, S. C. Constituição da República Federativa do Brasil: da visada prescritiva a interfaces discursivas. In: CABRAL, A. L. T.; BUENO, F. de G. (Orgs.). Direito e Linguagem – a Constituição de 1988. Londrina: Thoth, 2019. p. 74-88.

MARQUESI, S. C. Procedimentos analíticos da ATD e produção escrita: estrutura composicional e sequências textuais descritivas em relatórios técnicos. In: GOMES, A. T.; PASSEGGI, L.; RODRIGUES, M. das G. S. (Orgs.). Análise Textual dos Discursos: perspectivas teóricas e metodológicas. Coimbra: Grácio Editor, 2018. p. 111-123.

MARQUESI, S. C. Linguística Textual e Análise Textual dos Discursos: sequências descritivas e progressão textual em foco. In: CAPISTRANO JÚNIOR, R.; LINS, M. da P. P.; ELIAS, V. M. (Orgs.). Linguística Textual: diálogos interdisciplinares. São Paulo: Labrador, 2017. p. 279-297.

MARQUESI, S. C. Contribuições da Análise Textual dos Discursos para o ensino em ambientes virtuais. Revista Linha d’Água, São Paulo, n. 26, p. 185-201, 2013.

MARQUESI, S. C.; CABRAL, A. L. T.; RODRIGUES, M. das G. S. Escrita acadêmica: argumentação e construção de sentido. In: OLIVEIRA, E. G. et al. (Orgs.). Discurso e argumentação: tecendo os efeitos de sentido. Campinas: Pontes, 2020. p. 159-181.

MARQUESI, S. C.; CABRAL, A. L.; ELIAS, V. M.; TOMAZI, M. M.; RODRIGUES, M. das G. S. Plano de texto e contexto: conceitos em interface para o tratamento da escrita e da leitura em mídia digital. Revista (Con)Textos Linguísticos, Vitória, v. 13, n. 25, p. 40-59, 2019. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/contextoslinguisticos/article/view/27885/18765. Acesso em: 15 abr. 2021.

MARQUESI, S. C.; ELIAS, V. M.; CABRAL, A. L. T. Planos de texto, sequências textuais e orientação argumentativa. In: MARQUESI, S. C.; PAULIUKONIS, M. A. L.; ELIAS, V. M. (Orgs.). Linguística Textual e ensino. São Paulo: Contexto, 2017.

MARQUESI, S. C.; CABRAL, A. L.; ELIAS, V. M.; VILLELA, A. M. N. Ensino em meios digitais: uma questão de leitura e escrita. In: BENTES, A. C.; LEITE, M. Q. (Orgs.). Linguística de texto e análise da conversação. São Paulo: Cortez, 2010. p. 354-386.

MARQUESI, S. C.; CABRAL, A. L. T. Sequências explicativas e argumentativas: interação e motivação em atividades de EAD. In: BASTOS, N. B. (Orgs.). Língua Portuguesa e Lusofonia. São Paulo: EDUC, 2014. p. 227-239.

MARTY, N. Informatique et nouvelles pratiques d’écriture. Cahors: Nathan, 2005.

NIELSEN, Jacob. Projetando Websites – Designing web usability. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

RODRIGUES, M. das G. S. Ponto de vista emocionado no gênero discursivo comentário on-line – violência verbal. Linha d’Água, v. 34, n. 01, p.13-28, 2021. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/linhadagua/issue/view/11946/2027. Acesso em: 10 maio 2021.

RODRIGUES, M. das G. S.; CABRAL, A. L. T.. Responsabilidade Enunciativa, emoções e argumentação: a violência verbal em foco. In: PIRIS, E. L.; RODRIGUES, M. das G. S. (Org.). Estudos sobre argumentação no Brasil hoje: modelos teóricos e analíticos. Natal: EDUFRN, 2020, p. 291-318. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/30395. Acesso em: 10 jan. 2021.

RODRIGUES, M. das G. S. Sentenças condenatórias: plano de texto e responsabilidade enunciativa. In: PINTO, R.; CABRAL, A. L. T.; RODRIGUES, M. das G. S. (Org.). Linguagem e Direito – perspectivas teóricas e práticas. São Paulo: Contexto, 2016. p. 129-143.

RODRIGUES, M. das G. S.; MARQUESI, S. C. Relatório de pesquisa de estágio pós-doutoral (sob supervisão do Prof. Jean-Michel Adam). Universidade de Lausanne, Suíça, 2016.

RODRIGUES, M. das G. S.; PASSEGGI, L.; SILVA NETO, J. G. Planos de texto e representações discursivas: a seção de abertura em processos-crime. In: BASTOS, N. B. (Org.). Língua Portuguesa e Lusofonia. São Paulo: EDUC, 2014. p. 241-255.

ROJO, R.; BARBOSA, J. P. Hipermodernidade, multiletramentos e gêneros discursivos. São Paulo: Parábola, 2015.

SANDIG, B. O texto como conceito prototípico. In: WIESER, H. P.; KOCH, I. G. V. (Org.). Linguística Textual: perspectivas alemãs. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009. p. 47-72.

SOARES, E. S.; RODRIGUES, M. das G. S. Plano de texto do gênero sentença judicial de crime hediondo no âmbito da família. In: GOMES, A. T.; PASSEGGI, L.; RODRIGUES, M. das G. S. (Orgs.). Análise Textual dos Discursos: perspectivas teóricas e metodológicas. Coimbra: Grácio Editor, 2018. p. 187-222.

STORRER, A. A coerência nos hipertextos. In: WIESER, H. P.; KOCH, I. G. V. (Orgs.). Linguística Textual: perspectivas alemãs. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 2009. p. 98-117.

Downloads

Publicado

2021-10-03