A importância do brincar na Educação Infantil

Autores

Resumo

A Educação Infantil é uma fase importante para a vida do aluno, pois o mesmo vivencia momentos que envolvem interações e brincadeiras sociais que favorecem a construção da aprendizagem. Pensando assim, e com base em nossas experiências, percebemos que alguns pais e responsáveis não compreendem a proposta da Educação Infantil, desprezando a brincadeira como um momento único de construção de aprendizagem.  Questionam sobre as práticas de leitura e escrita realizadas, não entendendo o uso social da leitura e escrita trabalhada na Educação Infantil. Em outras situações alguns não a valorizam, permitindo que os filhos faltem, pois alegam que só vão à escola para brincar. Estas situações causam a necessidade de interagirmos um pouco mais com os pais, a fim de apresentarmos o brincar como um fator importante para o desenvolvimento global do educando na Educação Infantil. Diante desses fatos, o objetivo dessa pesquisa é estudar sobre o brincar na Educação Infantil, ressaltando as possibilidades para aprendizagens por meio da interação, entendendo esta etapa do ensino como um momento de construção coletiva pedagógica. Para este estudo, dialogamos com alguns autores e documentos oficiais sobre a Educação Infantil e realizamos uma pesquisa participante numa Escola Municipal de Volta Redonda- RJ, onde observamos em nossa atuação como docente, a comunidade escolar e o diálogo relacionado à proposta educativa desta etapa de ensino. Concluímos, com a pesquisa, a importância do diálogo entre família e comunidade para que a função educativa da Educação Infantil seja garantida à criança, que é de brincar e interagir tendo em vista a construção de aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizabete Maria Fortes de Oliveira, UNIRIO/EAD

Graduada em Licenciatura em Pedagogia, pela UNIRIO / EAD.

Valéria da Silva Lima, Instituto Federal do Rio de Janeiro

Doutoranda (2019) e Mestre em Ensino de Ciências pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (2016), Especialista em Deficiência Auditiva/Surdez pela Unirio (2015), Especialista em Contação de Histórias no Imaginário Social pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro(2014) e Pedagoga pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010). Atualmente, atua como professora e Orientadora Pedagógica da Prefeitura Municipal de Barra Mansa, contadora de histórias e mediadora presencial do consórcio Cederj (UNIRIO). Tem experiência na área de formação de professores para a Educação Básica e Mediação Docente no Ensino Superior na modalidade EAD.

Eduardo dos Santos de Oliveira Braga

Professor de Matemática formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ); Especializado em Ensino de Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Especializado em Novas Tecnologias para o Ensino de Matemática pela Universidade Federal Fluminense (UFF/RJ); Mestre em Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Doutorando em Ensino de Ciências pelo Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ).

Downloads

Publicado

2020-06-30

Edição

Seção

Relatos de experiência