PROFISSIONALIZE O COTIDIANO E CRESÇA NA CRISE: ESTRATÉGIAS DO CANAL CLAREAR NO YOUTUBE

Autores

  • Camila Fregona Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Daniela Zanetti Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Palavras-chave:

Cotidiano. Narrativas femininas. Profissionalização. YouTube

Resumo

O Canal Clarear, no YouTube, foi principal objeto de estudo durante o mestrado no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Espírito Santo (Póscom-Ufes). A investigação foi motivada pelo interesse em compreender como o cotidiano de pessoas comuns, tal como a cozinheira Rúbia com seus vídeos sobre sua rotina, tornaram-se fenômenos na maior plataforma de vídeos do mundo. Em busca dessas respostas, a pesquisa adotou como procedimentos metodológicos a etnografia, a análise de conteúdo e a entrevista em profundidade com a criadora de conteúdo. Foram categorizados 282 vídeos publicados no primeiro semestre de 2019 e, destes, analisados três vídeos com seus respectivos comentários. A análise demonstrou a prevalência de conteúdos nas categorias casa, rotina, intimidades e culinária, bem como a existência de estratégias de profissionalização do canal para manter elevada produção de conteúdo, fidelização e conquista de novos seguidores. Entre essas estratégias destacam-se: o planejamento de temas; a utilização de títulos que atraiam a atenção do público; o uso de verbos no gerúndio; a repetição temática dos vídeos; a serialização de temas; rotinas de produção; e a assincronia espaço-temporal entre a produção e a divulgação do conteúdo. Neste artigo, apresentamos os principais resultados dessa pesquisa finalizada em abril de 2020, com destaque para as estratégias comunicacionais utilizadas pelo canal que levaram a alcançar um público de mais de 1 milhão de inscritos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Fregona, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação e Territorialidades da Universidade Federal do Espírito Santo (Póscom/UFES).

Daniela Zanetti, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Professora orientadora - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades da Universidade Federal do Espírito Santo (Póscom/UFES).

Referências

BURGESS, Jean; GREEN, Joshua. YOUTUBE e a revolução digital. São Paulo: Aleph, 2009.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano - 1 A arte de fazer. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.

CERTEAU, Michel de; GIARD, Luce; MAYOL, Pierre. A invenção do cotidiano 2 Morar, Cozinhar. Petrópolis: Editora Vozes, 2013.

FREGONA, Camila. Oi, meus amores! O cotidiano em narrativas femininas no YouTube. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Territorialidades). 2020. 282 f.Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2020.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Editora Aleph, 2009.

SIBILIA, Paula. O show do eu: a intimidade como espetáculo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016.

SMYTHE, Dallas W. Communications: blindspot of western Marxism. Canadian Journal of Political and Social Theory, v. 1, n. 3, p.1-27. 1977.

THOMPSON, John B. A nova visibilidade. MATRIZes. São Paulo, n. 2, p. 15-38, abr. 2008. Disponível em <http://www.revistas.usp.br/matrizes/article/view/38190/40930>.Acesso em 2 jul. 2018.

Downloads

Publicado

2020-09-28