A PRESENÇA DE MÉDICOS NO INSTAGRAM E A CONSTRUÇÃO DO DISCURSO DE VIDA SAUDÁVEL

Autores

  • Lunélia Amaral Lima Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Flávia Mayer dos Santos Souza Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Palavras-chave:

Vida saudável. Instagram. Médicos.

Resumo

A presença de médicos no ciberterritório levanta discussões envolvendo a área da saúde e da comunicação online. Nesse cenário, o estudo visa analisar os discursos sobre vida saudável construídos a partir do Instagram de médicos vistos como webcelebridades. Nesse artigo, vamos apresentar o percurso da construção do corpus da dissertação de mestrado desenvolvida no programa de Pós-gradução em Comunicação e Territorialidade da Ufes. O estudo constitui uma pesquisa descritiva, explicativa, qualitativa e abrange análise documental, considerando as publicações no Instagram como documento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lunélia Amaral Lima, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Mestranda do curso de Pós-graduação em Comunicação e Territorialidades Universidade Federal do Espírito Santo - UFES.

Flávia Mayer dos Santos Souza, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Professora orientadora - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades (Póscom/UFES).

Referências

CASTIEL, Luis David; VASCONCELLOS-SILVA, Paulo Roberto. A interface internet/s@úde: perspectivas e desafios. Interface, Botucatu, 2003, v. 7, n. 13, p. 47-64.https://www.scielo.br/scielo.phpscript=sci_abstract&pid=S141432832003000200004&lng=e

n&nrm=iso&tlng=pt Disponível em:. Acesso em: 21 set. 2019.

GONSALVES, Elisa Pereira. Conversas Sobre Iniciação à Pesquisa Científica. 5. ed. Campinas: Alínea, 2001.

MARTINO, Luís Mauro Sá. Teoria das mídias digitais: linguagens, ambientes, redes. Petrópolis: Vozes, 2015.

RECUERO, Raquel. A conversação em rede: comunicação mediada pelo computador e redes sociais na Internet. 2. ed. Porto Alegre, RS: Sulina, 2014.

SIBILIA, Paula; JORGE, Marianna. Dispositivos de subjetivação: saúde, cultura e mídia. In: SACRAMENTO, Igor; SANCHES, Julio Cesar (Orgs.). A otimização de si: redefinições da saúde e da doença na mídia contemporânea. RJ: Multifico, 2019.

TABAKMAN, Rosana. A saúde na mídia: medicina para jornalistas, jornalismo para médicos. Tradução de Lizandra Magon de Almeida. São Paulo: Summus Editorial, 2013.

Downloads

Publicado

2020-09-28