ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO:

QUAIS DELINEAMENTOS? QUAIS MODOS DE ATUAÇÃO DO PROFESSOR DO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO?

Autores

Resumo

O presente texto, objetiva relatar a experiência de atuação pedagógica de três professoras do atendimento educacional especializado no contexto do Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Nova Venécia, Centro-Serrano e Serra, tomando como princípio as frentes de trabalho expostas na Nota Técnica-SEESP/GAB/nº 11/2010. Discute os modos de atuação do Professor de Atendimento Educacional Especializado e tece reflexões sobre as experiências e práticas de ensino colaborativo dos professores de Atendimento Educacional Especializado, dialogando com as percepções dos modos de organização do trabalho nos contextos de inclusão escolar. Adota a concepção do atendimento educacional especializado como ação pedagógica que envolve frentes de trabalho. Para tanto, as práticas pedagógicas das professoras do atendimento educacional especializado baseiam-se na perspectiva Histórico-Cultural em Vygotsky e em estudiosos no campo da Educação Especial como Baptista, Kassar, dentre outros. Metodologicamente, adota a pesquisa do tipo exploratória, com delineamento descritivo-exploratório por relatar três experiências diferentes de professoras do atendimento educacional especializado. Conclui-se que o atendimento educacional especializado é uma ação pedagógica que envolve questões de trabalho para além do contraturno e o professor do atendimento educacional especializado tem papel fundante nesse processo de garantir a inclusão escolar dos estudantes público-alvo da Educação Especial. Ressalta a importância de garantir a permanência de tais professores nos contextos escolares, sobretudo nos Institutos Federais, para que o trabalho tenha continuidade além de se criar e desenvolver a identidade docente do professor do atendimento educacional especializado que muito tem a potencializar na construção da educação inclusiva nas escolas comuns brasileiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carline Santos Borges, Instituto Federal do Espírito Santo/ Campus Serra

Doutora e mestra em Educação (PPGE/Ufes). Estágio Doutoral no exterior (IE/ULisboa). Membra dos grupos de pesquisa: Educação Especial: formação de profissionais, práticas pedagógicas e políticas de inclusão escolar (Ufes); Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial/Inclusiva - GEPEI (UFFS). Gerente de Políticas para a pessoa com deficiência da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Estado do Espírito Santo.

Mariza Carvalho Nascimento Ziviani, Rede Municipal de ensino de Pinheiros

Pedagoga, mestre em Educação (Ufes). Professora e coordenadora pedagógica na rede municipal de ensino do município de Pinheiros

Renata Clara Costa Perovano, professora do Instituto Federal do Espirito Santo- IFES-CENTRO-SERRANO

Graduada em pedagogia pela faculdade FASE- ES (2012). Especialização em educação Especial e Inclusiva pela Faculdade FRABA (2015). Possuo experiência na área da educação, com ênfase na educação Especial.  Experiência profissional como professora de Educação Especial na rede Estadual - SEDU-ES. Atualmente professora do Instituto Federal do Espirito Santo- IFES-CENTRO-SERRANO, como professora substituta do Atendimento Educacional Especializado. E formação ampla dentro da área da Educação Especial.

Downloads

Publicado

2021-04-16

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo