Estado da arte sobre educação escolar de alunos com dislexia no período de 2007 a 2016

Autores

  • João Henrique da Silva Universidade Federal de Roraima, professor visitante do Programa de Pós-Graduação em Educação http://orcid.org/0000-0003-0277-0466
  • Mariana Pereira Rochel dos Santos Universidade Paulista, campus Sorocaba. Licenciada em Pedagogia.

Resumo

Trata-se de um estado da arte sobre a temática dislexia e educação especial no período de 2007 a 2016 disponíveis na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações do Instituto Brasileiro de Informação para Ciência e Tecnologia. O objetivo da produção visa mapear e analisar as produções acadêmicas de teses e dissertações desenvolvidas durante o período de 2007 a 2016, a fim de compreender a concepção de dislexia que vem sendo desenvolvida e quais as suas implicações para a educação escolar. Utilizou-se a análise bibliométrica e a análise de conteúdo para mapear e descrever a produção acadêmica relacionada a dislexia e educação especial. Os resultados apontam a pequena demanda na dedicação de estudos acadêmicos sobre dislexia, lacunas nos métodos de ensino, desvios de relevância política e necessidade da formação contínua do professor. Portanto, a dislexia é uma temática que ainda necessita ser aprofundada em vários campos de conhecimento, inclusive, na educação, com o objetivo de garantir o direito à educação escolar dos alunos com dislexia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Henrique da Silva, Universidade Federal de Roraima, professor visitante do Programa de Pós-Graduação em Educação

Doutor em Educação Especial pela UFSCar. Mestre em Educação pela UFGD. Formado em Filosofia e Pedagogia. Foi professor titular IV do Curso de Pedagogia e Filosofia, Instituto de Ciências Humanas, da Universidade Paulista, campus Éden, Sorocaba-SP. Atualmente, trabalha como professor visitante do Mestrado em Educação da Universidade Federal de Roraima.

Mariana Pereira Rochel dos Santos, Universidade Paulista, campus Sorocaba. Licenciada em Pedagogia.

In Memorian. Pedagoga pela Universidade Paulista, Sorocaba, São Paulo.

Downloads

Publicado

2021-04-16

Edição

Seção

Artigos - Fluxo Contínuo